Um pouco de tudo e nada ao mesmo tempo.

Posts marcados ‘custom rom’

[Tutorial] Asus Transformer Prime – Desbloqueando o Bootloader e Instalando uma nova ROM.

ASUS-Eee-Pad-Transformer-Prime-docked-Amethyst-Gray1Cansei de esperar. Todos os outros tablets da ASUS já estão com o Android 4.2.x e nós com nossos Transformer Prime com o Android 4.1.2. Resolvi desbloquear o bootloader do tablet e também instalar uma nova ROM (só pra você ter noção, fazem exatos 1 ano que tenho este tablet e nunca desbloqueei/fiz root nele). Nunca precisei fazer um backup ou nem um format no tablet, então pra que fazer root? Pra que fazer o desbloqueio? Bem, depois que vi que o tablet ficaria esquecido (e lento com o passar do tempo) então pensei, porque não?

E o processo foi mais simples do que eu imaginava. Os tutoriais que eu encontrava falava de downgrade/upgrade de bootloader e eu ficava pensando: Como assim?? Pra que vou fazer isso?

Bem, descobri que para instalar a 4.2.2 você precisa utilizar um bootloader mais recente. Resolvida a dúvida, vamos começar o tutorial. 

(mais…)

Anúncios

Usando um cabo USBotg em uma ROM ICS no Motorola Xoom.

Depois de um bom tempo me batendo com as ROM Nightly do Team EOS (estava até hoje com a Nightly 36), resolvi atualizar meu Xoom para uma versão com 20 dias de diferença. Hoje estou com a EOS Nightly 56. Com isso surgiu a necessidade de mostrar a conectividade do Xoom utilizando um cabo USBotg para acalmar os ânimos daqueles que estão brigando com um HD e não conseguem fazê-lo funcionar no Xoom.

Eu já tinha feito a tentativa de usar o meu cabo USBotg, sem sucesso, então, para provar que o Xoom ICS, utilizando a Nightly 56, já consegue, fiz este post.

Bem, este será um “galery tutorial”, então clique em “Leia o resto deste post” e veja a galeria. Lá estarei mostrando o que fiz e o que o ICS já é capaz de fazer neste estágio de maturidade das ROMs.

(mais…)

Rapidinha: Samsung Galaxy R (i9103) ganha a primeira Custom ROM.

O pessoal do XDA-Developers não param quando existe a possibilidade de se criar uma ROM para um celular ainda ‘intocado’.

Este era o caso do Samsung Galaxy R.

Como sempre, a primeira ROM pode vir com alguns problemas, mas até agora não vi ninguém reclamando de nada no fórum.

Bem, para quem quer conhecer um pouco do visual da ROM, aproveite os links e os screenshots disponíveis depois do break. Lembrando que esta ROM ainda é só em inglês!

(mais…)

Opinião: Saiu o código-fonte do Ice Cream Sandwich. E daí? O que esperar?

Vários blogs já postaram que a Google resolveu lançar o código-fonte para o Ice Cream Sandwich. Mas o que isto quer dizer para você, dono de um celular Android? Bem, se seu celular é um celular antigo, ainda rodando o Android Eclair (2.1) ou Froyo (2.2) e a fabricante já disse que seu celular não vai ser atualizado então existem chances grandes de você ser premiado com uma ROM (uma firmware modificada por outros, ou seja, uma custom ROM, que possui correções de bugs ou atualizações não disponíveis nas versões originais do software) que seja Gingerbread ou Ice Cream Sandwich (ICS).

Um exemplo: Toda a linha de celulares XPeria da Sony, lançados em 2011, receberão o ICS.

A Motorola já é exemplo a não ser seguido, dizendo que vai atualizar alguns aparelhos, sem dizer quais seriam além dos mais recentes (Atrix 2, Xoom 2, Xoom, RAZR, entre outros) e sem data definida.

E os outros celulares? Com mais de 1 ano de ‘praia’? Bem, estes ficarão de fora. Então só nos resta esperar. Esperar que desenvolvedores possam pensar com carinho em nossos celulares e atualizar as custom ROM para o ICS. (mais…)

Tenho um Xperia X10, e agora? Comparativo com Motorola Milestone.

Sony Ericsson Xperia X10

Image via Wikipedia

A luta com as roms customizadas para o X10 começou aqui há quase um ano.

Nesta época o @WalterAndradeJr tinha um Motorola Milestone e eu pedi o X10. A expectativa era grande e ficamos bastante animados ao ver o comparativo no GSMarena.

Pontos fortes do comparativo:

– O X10 tem tela maior, é mais leve, a câmera é de 8 MP, o processador é mais potente, a bateria tem maior capacidade e tem mais memória RAM.

– O Milestone tem teclado físico, as cores da tela são melhores, a câmera que, apesar de ser de apenas 5 MP, ainda é muito boa.

Devido a uma recente oportunidade de negócio adquiri o X10.

O que não dava para saber pelo comparativo, e que seria uma das grandes dúvidas da compra, é a existência de boas roms para o X10, já que não havíamos testado o aparelho e nem conhecíamos alguém que tivesse um. (mais…)

Update: Home Base com kernel novo.

Animação de boot estilo Honeycomb.

Nada como uma atualização de kernel para melhorarmos nossa visão de uma ROM, seja esta oficial ou não. Com isto, continuamos a saga de aproveitar o bootloader destravado do Motorola Atrix.

Há 2 dias estou usando a ROM Home Screen #2.3 (Version #3 Mega Base 2.3: OC 4.5.91 EXT4), com o kernel Faux123 0.2.0, baseado no Gingerbread 2.3.4 e overclock para 1.3GHz. O mais interessante desta versão é a diferença enorme de economia de energia quando comparada com a versão que eu estava usando anteriormente. Além disto, aproveitei e instalei um tema novo para o celular. Ficou bem mais bonito com o tema todo escuro. Gostei bastante..

No final deste ‘update’ irei postar os links para todos os arquivos que eu estou usando.

Então, para começar a falar, tinha que tirar um monte de screenshots da ‘novidade’.

Para começar, a animação de boot é a mesma do honeycomb (update: o tema é que adiciona).

(mais…)

Teste: ROM Home Base (2.3.4) no Motorola Atrix

ROM Home Base. Tela inicial, já modificada (só estou com 1 tela, dá para acreditar?).

Agora que estou com o bootloader destravado (aprenda aqui) no Motorola Atrix, comecei a brincar com algumas ROMs. A primeira foi a CyanogenMod7, e eu estava gostando muito, até eu baixar a ROM Home Base.

O processo de instalação é bem simples, assim como a da CyanogenMod (aprenda aqui), porém sempre que você instalar uma ROM diferente você tem que lembrar que tem que fazer o ‘full wipe’ para que a ROM funcione.

Lembre-se de fazer o backup dos programas e da ROM que você já está usando para evitar problemas de instalação e para você poder voltar para a ROM anterior caso não goste da nova.

Esta é a vantagem de se usar um bootloader destravado. Ter o poder de se instalar a ROM que quiser é uma coisa muito boa e que várias empresas deveriam deixar como padrão. Não deixarei de procurar esta funcionalidade nos meus próximos celulares.

A título de  informação apenas:

CyanogenMod7

  • Bateria durando mais que 24hs (screenshots dela no final do post);
  • Processador a 1100MHz (1.1GHz);
  • “DeBlurred” (sem o MotoBlur);
  • Precisa mexer fundo nela com o SetCPU para melhorar a bateria;
  • Não esquenta (depois de usar o SetCPU);
  • “Quadrant” melhor que a Home Base (programa de benchmark).

Home Base

  • Gasta mais bateria, por enquanto;
  • Opções de se usar “DeBlurred” ou “Blurred”;
  • Processador a 1300MHz (1.3GHz);
  • Esquenta mais que a CyanogenMod7;
  • Visual muito mais bonito.

Bem, vamos às telas, já que neste teste eu só irei mostrar as telas pois a instalei hoje e ainda não posso dizer, com certeza qual é a melhor, apesar que alguns testes já me dizem qual é.

(mais…)

%d blogueiros gostam disto: